04/09/2018

Caicó (30, 31/08; 01 e 02/09)



Oi gente!

Falei nesse post aqui que iríamos fazer uma missão em Caicó, pois bem, a missão finalmente chegou e foi a melhor!

Tentarei ser sucinta, mas não sei se vou conseguir hahaha

Chegamos na quinta a tarde, dessa vez fomos um grupo maior da JMV com a Irmã Carla e assim que pomos os pés lá no Abrigo (onde ficamos hospedados), Bella e eu corremos até a casa de Nataly, nossa amiga que nos hospedou quando fui ao show de Victor & Leo em 2014, como era próximo, não pensamos duas vezes, hahaha.

Fomos aos poucos, vendo e revendo cada um dos missionários chegar, dessa vez, tivemos representantes da Associação Internacional de Caridades (AIC), Filhas da Caridade (FC, ou irmãs de São Vicente, como alguns chamam), Juventude Mariana Vicentina (JMV, que faço parte) e muitos missionários locais, além de um grupo de jovens da Juventude Missionária (JM) que moram na cidade. A noite, conversamos um pouco com todos os missionários sobre o cronograma planejado.

No dia seguinte, já bem cedo, participamos da Via-Sacra e nos dividimos em diferentes paróquias para fazer visitas de casa em casa falando do Senhor Jesus, sobre a Irmã Lindalva e benzendo as casas. O almoço, foi em Carol, a voz da JMV Caicó junto a seu marido, Rogério.

A tarde, tivemos dois momentos muito fortes, o primeiro, um momento com os idosos do abrigo onde cantamos, brincamos e rezamos o terço com eles, claro que não dá para esquecer das Filhas da Caridade (FC) que por tantas vezes se reuniram ali, não foi fácil mais uma vez ir ao abrigo e não as encontrar lá (falei sobre isso aqui). Embora tivéssemos muitas das FCs ali, saber que nenhuma ficaria no abrigo sempre aperta nosso coração de Família Vicentina (FamVin).

Depois, mais visitas em outros bairros, e a noite, teve momentos de descontração e ensaiamos para a apresentação que faríamos na noite seguinte. É claro que no quarto, como todo quarto de meninas, conversamos muito e trocamos muitas histórias.


Dia seguinte, mais uma vez acordar cedo e matar a saudade da capela, onde sempre rezamos quando estamos no abrigo.

Depois, fomos a um bairro muito distante, fazer visitas nas casas e convidar as famílias para um almoço comunitário que haveria ao meio-dia. Confesso que esse dia me marcou muito, sentia uma chama e um amor dentro de mim em cada movimento, em meu sorriso, meu caminhar, minhas palavras e orações.

Quando chegamos a casa onde seria o almoço, enquanto eu ajudava a limpar as mesas e as cadeiras, sentia como se em meu rosto estivesse estampado um sorriso e aquela chama em meu peito só aumentava. Por momentos, fechei meus olhos e sentia como se minha alma dançasse de tanta felicidade e paz, como se só eu estivesse ali e quando abria os olhos sentia mais alegria ainda de ver tanta gente que eu amava e muitas que eu nem conhecia e já queria abraçar, acho que vivi um momento de ecstasy e isso não dá para descrever. Foi um dos melhores momentos da minha vida: eram atividades simples, comuns: andar, entrar nas casas, falar do Senhor, divulgar o nome de Lindalva, benzer as casas e as pessoas, depois limpar as mesas, as cadeiras, servir o almoço para os moradores do bairro e em tudo, eu estava me sentindo completa e feliz, com meu corpo queimando e minha alma dançando.

A tarde, um encontro vocacional onde falamos muito e aprendemos muito também.


Depois, fomos divididos em trios e fomos celebrar uma novena nas casas de algumas famílias, para minha surpresa, a casa em que fui celebrar era da antiga coordenadora da JMV, que durante muitos anos serviu no abrigo e participava do grupo de jovens que eu tanto amo, além disso, ela já foi professora de religião, OMG! Tudo a ver comigo, hahaha. Para quem não sabe, eu fui professora de religião em uma escola há muitos anos.
Olhinhos marejados de emoção :)

É claro que fiquei emocionada com tudo isso.

A noite, participamos da missa na Igreja de São José e enfim, apresentamos a peça com a história da Irmã Lindalva.

Todo o elenco da peça, estamos com o figurino de freirinha :)

O texto foi meu, baseado no livro “O Sorriso de Lindalva” de Gaetano Passarelli e interpretem Lindalva, algo que fiz com muito amor e respeito, pois além de ser uma devota, eu sou apaixonada por toda a história da família dela (falei sobre isso aqui). Não sei se sou merecedora de tamanho presente de Deus, mas tentei ao máximo ser fiel a história.

Eu de Lindalva :)

Depois, reunimos a galera e fizemos um tour, primeiro fomos até o arco da Catedral e depois a famosa Ilha de Sant’Ana, mais diversão e alegria.




Na manhã seguinte, participamos da missa na Igreja do Rosário e depois, participamos de oficinas sobre os patronos da FamVin, nós da JMV ficamos para ministrar a de Santa Catarina e encenamos a primeira aparição de Nossa Senhora das Graças a Santa Catarina Labouré, eu fui Nossa Senhora e Bella interpretou Catarina <3

Missa no Rosário
Oficina sobre Santa Catarina

Aparição de Nossa Senhora a Catarina

Sem dúvida, uma missão divina, um momento forte de emoção foi quando algumas das irmãs se despediram e Carol falou o que todos nós queríamos falar: agradeceu, falou do quanto todos sentem falta das irmãs no abrigo, o quanto que essa missão encheu o coração do povo caicoense de fé e esperança que um dia elas retornem, e para completar, como ela estava grávida, acertou em cheio nosso coração com suas palavras de mãe, ela falou que sonhava em criar a criança que espera ali, cercada de amor pela FC, ensinando tudo que é a FamVin, mas que agora, fará o mesmo, mas sem as Filhas da Caridade ali, o colo que ela sempre teve, seus filhos não terão fisicamente, mas terão espiritualmente e com a esperança de que um dia, elas voltarão.

Voltamos para casa cheios de amor e conscientes de que Deus está no controle sempre, quem leu até aqui, peço que ore pelas vocações, pelos idosos do abrigo e pela FamVin.

Família JMV

Beijos!

20/08/2018

Como Usar Preto Total: 50 Tons de Preto


Oi gente!

Hoje vamos falar de roupas, mais precisamente de uma cor de roupa, que como você já perceberam no título, é a cor preta!

A proposta é para quem gosta, deseja ou quer saber usar um look preto total, ou “all black” como costumamos ouvir.

Quem me conhece sabe que eu sou apaixonada por essa cor, aliás, minha cor favorita e, por isso, tenho propriedade para falar sobre ela, pois 99% das minhas roupas são nessa cor “maravilinda”.

E sem muita enrolação, vamos as dicas. Mas antes de sugerir os looks, é bom termos em mente, algumas noções básicas:

I. Use e abuse dos acessórios;
II. Escolha sempre mesclar peças mais elaboradas com peças mais simples;
III. Como a cor esquenta muito, escolha tecidos mais leves para os dias de sol.
IV. Um toque de cor levanta o look, mesmo em propostas “total black” (como veremos adiante);
V. O preto é conhecido como “a cor que emagrece”, então, tenham cuidado para não emagrecerem ainda mais ou optar por muitas peças porque o efeito pode ser o contrário.

E dependendo do que você deseja transmitir, desde uma proposta mais gótica até um look elegante ou despojado, dá para se jogar sim no preto total e arrasar:

1. Gótica:



Não dá para falar em preto total e não lembrar do estilo gótico de se vestir, então começaremos por ele, afinal, quem nunca usou preto total e ouviu palavras do tipo: “gótica”, “trevosa”, “viuvinha”, essa última é a voz da minha família falando para mim (hehehe).

Mas, a verdade é que o estilo gótico é sim lindo, e muito fácil de compor, os traços que garantem esse jeito de se vestir são: vestido soltinho, chapéu, bota, meia 7/8 ou bota Over Knee, saia de couro, bolsa de couro ou no estilo bolsa-saco, meia-calça (se for rasgada, dá mais estilo), jaqueta, olho preto, cinto de tachinhas, spikes e muito metal, seja nos brincos, pulseiras, colares...

Você pode ainda modernizar o look gótico com uma peça jeans, óculos de madeira, sutiã de tiras aparecendo (os famosos strappy bra, veja essa tendência aqui), batom vermelho ou laranja.

Ou seja, dá para abusar do preto gótico e dá uns toques pessoais na composição, deixando-o na linha do gótico-suave que é tendência nos últimos anos.

2. Dia a dia:




Eu sou daquelas que passo os dias de preto, então, uso e abuso do all black nas minhas manhãs insoladas e nas frias também. Ou seja, sei bem do que estou falando aqui.

O segredo para não ficar carregado, caso queira passar leveza, é escolher peças frescas (se tiver sol) e não exagerar ou utilizar olhos esfumados, além de optar uma boca mais nude (independentemente do tempo lá fora), além de evitar calça ou saia de couro.

Assim, regatinhas, calças jeans, leggings, bota de cano curto, sapato aberto e até rasteirinhas sintéticas.

Outra dica é abusar dos croppeds, se estiver muito quente, vale até usar rendas ou crochês, para garantir transparências e não derreter no calor, caso esteja frio, pode usar um moletom por cima com pontos de luz, como essa primeira imagem, onde o moletom é de poá. Vale ainda, usar algo bem discreto de outra cor, como o cinto da segunda imagem que é em um tom de nude.


3. Noite:



Vai sair a noite e quer abusar do all black? Tem para todos os gostos, afinal, é a cor mais democrática de todas.

Se está calor ou quer um visual mais sexy, opte por vestidos curtos ou midis com sandálias de salto alto, aí a dica é: se quer aparentar ser mais alta, opte por sandálias gladiadoras (como na segunda imagem) ou de amarrações abaixo do calcanhar; se o objetivo é parecer que é mais baixinha, opte por sandálias com amarrações acima do calcanhar, já que esse tipo de amarração passa a ilusão de corte e “achata” um pouco a estatura.

Se está frio, camisas longas e meias-calças são uma ótima pedida, inclusive se a intenção é passar seriedade no look, pode até optar por peças com transparências para dar um ar elegante e sexy na medida e se a previsão é de uma noite mais fria, as botas são uma ótima pedida.

Outra ideia, é um look all black que vai do dia para a noite, como na última imagem, assim, de dia pode utilizar o vestido com os óculos apenas (se estiver quente) e jogar uma jaqueta jeans por cima a noite (se esfriar), como a bota é no modelo open boot, não esquentará tanto no sol nem esfriará tanto no frio. Ou seja, uma combinação perfeita de preto total que vai do trabalho do dia para a balada a noite.


4. Festa:




Independentemente da festa: aniversário, shows, eventos religiosos... Enfim, dá sim para ir de preto e arrasar!

Assim, os modelos mais curtos como os longos causam uma ótima impressão e passa a ideia de sofisticação. Desse modo, eventos mais intimistas, como aniversários e eventos religiosos, cai bem optar por modelos que tenham mangas longos, saias midi, cortes mais clássicos e seriedade. Já eventos como shows, festas em clubes, premiações e jantares, dá para abusar de transparências e vestidos curtos (porém discretos).

Além disso, modelos longos podem sim ter transparências, como essa primeira imagem, onde o vestido apesar de ser comprido, possui partes com bastante transparência e renda, deixando partes do corpo a mostra, como a barriga e os joelhos. Outa dica é usar peças como na última imagem, onde a renda é forrada por um tecido nude, assim, é um total preto com toque de bege. Vale saber que: quando a renda é forrada por um tecido da mesma cor (nesse caso seria o preto) o look passa formalidade, sobriedade e sofisticação; se a renda é forrada por um tecido de tom nude (como o da imagem) garante um visual, sexy e, às vezes, despojado ou informal, dependendo da forma em que é apresentado.

Cuidado: se optar por usar preto em um casamento, converse antes com a noiva, a maioria não gosta que as convidadas vão com uma peça nessa cor!


5. Toque de cor:



É claro que há momentos em que desejamos um toque de cor, como já falamos nas imagens acima (cinto, óculos, moletom) e é muito fácil, independentemente do modelo adotado, dá esse toque de cor, sem fugir do all black.

Assim, podemos utilizar sapatos e bolsas em tons diferentes para completar o look montado. Dessa maneira, percebemos que o sapato prata (primeira imagem) e a bolsa laranja (terceira imagem), deixaram um look dia a dia, com um pouco de vida. Já o tênis branco (segunda imagem), deixou o look gótico mais clean e menos carregado, enquanto a bolsa vermelha (quarta imagem) deixou o look formal mais acesso e chic.



Outra dica, é utilizar uma terceira peça em cor diferente, seja amarado na cintura (primeira imagem) para arrematar o look ou até vestindo-a, assim, observamos que um visual dia a dia fica lindo com uma jaqueta de sarja verde por cima do vestido (segunda imagem) ou uma camisa xadrez fica perfeito por cima de um visual noite (terceira imagem), ou até essa proposta bem diferente de utilizar uma peça jeans entre a regata e o blazer (quarta imagem), deixando a composição de peças totalmente nova e linda, podendo utilizar tanto no trabalho quanto em uma noite mais fria.

Pode ainda, utilizar brincos coloridos e diferentes, cordões com pingentes engraçados, maxicolares, pulseiras em várias cores...


6. Celebridades:



O preto é famoso no tapete vermelho, mas celebridades amam usar all black em grandes e pequenos eventos. Transformando o nosso pretinho, em nada básico.

Assim, podemos ver peças com bastante transparência, para mostrar o corpo, como os vestidos da Bruna Marquezine e da Cara Delavigne, peças com decotes profundos que dão um ar mais sexy, como o da Marina Ruy Barbosa, a peças mais comportadas e românticas como o da Sandy.

São as nossas musas inspiradoras mostrando que dá para usar o preto sempre e quando quiser, optando apenas por modelos que conversem com o nosso estilo e com a intenção que queremos passar.

E vocês, qual das dicas gostou mais? Onde mais usam a cor preta? Gostam da cor? O que pensam dessa proposta all black?

Deixem suas opiniões nos comentários, ok?

Beijos!

12/08/2018

Dicas de Doações para o Dia dos Pais



Oi gente!

Hoje é Dia dos Pais e, embora seja uma data comercial, muitos filhos e pais sentem um gosto amargo na boca e um aperto no peito nesse dia.

Afinal, pensar no nosso papai é sempre importante, não é?

Essa semana, eu dei dicas aqui no blog de como presentear seu pai, mesmo que você não tenha nem um tostão (veja aqui).

Mas, hoje a dica é para ajudar um papai desconhecido ou um conhecido mesmo que você saiba que está precisando.

De forma simples, é possível fazer a diferença na vida de alguém, por isso, trouxe dicas de como doar um pouquinho do que temos para esses homens que merecem um pouco de carinho e atenção.

1. Doação de Roupas



Tem uma roupa sobrando do seu pai? Sabe aquela peça de roupa que está super conservada, mas seu pai não usa mais? Então, aproveita e doa para alguém está precisando, especialmente em algumas cidades em que o frio está tomando conta das ruas, doa um moletom velho – porém conservado – e um lençol para aquecer a vida de alguém.

2. Doação de Alimentos



Junta um pão + uma fatia de queijo + uma fatia de presunto e faz um misto quente, enrola no papel alumínio e coloca um pouquinho de suco de frutas numa garrafinha e doa para algum morador de rua. Não tem queijo nem presunto? Doa um pão com um pouquinho de margarina, eles vão comer felizes, sim. O importante, é fazer com carinho e amor.

Se puder, junta alguns alimentos e faz uma cesta básica e doa a uma família que você sabe que está sem condições de comprar comida.

3. Doação de Bolsa com Produtos de Higiene Pessoal



Sabe aquelas bolsas masculinas (ou mochilas, pastas) que todo pai tem? Junta um kit de higiene: lâmina de barbear, loção de barbear, sabonete, shampoo, escova de dente, creme dental, pente, toalha, cueca... põe dentro da bolsa e doa para um morador de rua.

Claro que são sugestões, você pode aumentar ou substituir o indicado acima, pode colocar um pouco de shampoo num potinho que tiver, se não puder doar o frasco inteiro, substituir a toalha por um lençol, colocar frutas para eles se alimentarem...

4. Doação de Atenção



Muitas vezes, não é de roupa, dinheiro ou comida que o pai precisa, é de atenção.

É de carinho e de alguém que o escute que um pai está precisando e você pode doar um pouquinho do seu tempo, seu sorriso e seu abraço para com ele.

O importante é ajudar, muitas vezes, estamos dentro da nossa bolha e não percebemos o mundo lá fora com tanta gente precisando de amor e carinho.

Doe o que puder, mas doe de coração, não faça com raiva ou com uma cara de poucos amigos, faça com um sorriso no rosto e amor no coração.

E não esqueça de desejar um “Feliz Dia dos Pais”.

Beijos!

08/08/2018

Wishlist Dia dos Pais



Oi gente!

Dia dos Pais chegando e, muitas vezes, bate aquela dúvida no que dar para o papai nessas horas, né?

Fugir do óbvio, como: chaveiros, almofadas, porta-retratos... Mas, não totalmente, afinal, o óbvio também pode ser eletrônicos e eles amam.

E quando falamos em eletrônicos, estamos falando desde TVs até mesmo um radiozinho simples que só funciona AM e FM.

Então, as dicas de hoje são inspirações para que você possa ter uma base do que dar para o seu pai, levando sempre em conta o gosto pessoal dele, ok?

Então, vamos lá!

1. Amplificador sem Fio


O Segredo do Vitório

Que tal aquele aparelho que aumenta o volume da música favorita do seu pai? De forma simples: “encostou, tocou”, esse amplificador vai deixar seu pai louco de alegria. E aí? Que tal se inspirar e dar um amplificador desses para o coroa, hein? Com certeza, você vai encontrar na sua cidade ou nessa internet vasta, modelos que tenha a cara do seu pai.

Tá sem grana, liga o rádio e canta ao vivo a música que ele mais gosta ou dá um rádio simples a ele.

Outra dica é pegar um pendrive que você já tenha e dar a ele com a playlist favorita dele.

2. Tablet


Mercado Livre

A dica de um tablet ou computador é sempre útil, esse modelo aí é um tablet completo com função celular 2 chips com capa e teclado, mas um tablet simples ou até um celular, já é um baita de um presente.

Não tem como comprar, liga para ele nesse dia e declara todo seu amor a ele, mesmo que morem na mesma casa e encera a ligação – se possível – na frente dele, dizendo: “eu te amo”.

Ou monta um vídeo de poucos segundos e dá a ele para assistir, ele vai amar.

3. Ingressos


FutebolCard

Ele ama futebol? Que tal dar ingressos para ele assistir a partida da semana e vai com ele (mesmo que você não goste de futebol, não vale cara feia, hein?), torce, xinga o juiz (de leve, please!), vibra nos gols e ria muito com ele.

Tá sem grana? Assiste pela televisão o jogo do domingo e faz uns aperitivos antes de começar para curtirem juntos esses momentos.

4. Refeição Especial


PedidosJá

Que tal comerem fora, no restaurante favorito dele, pedindo o que ele mais gosta de comer? Ou pedir em casa pelo telefone ou por um aplicativo do celular. Se for muito caro, vale ir a um fast food, ele ficará feliz do mesmo jeito.

Agora, se você quer mesmo cozinhar para seu pai, preparar o prato favorito dele e comerem juntos, lembrando os melhores momentos da vida de vocês dois ou ouvir as histórias dele com atenção e carinho, não tem preço. Se não sabe como preparar uma refeição, na internet o que não falta são receitas de como fazer.

Ou, faz um miojo (a receita tá no pacote, 3 minutos) ovos fritos (receita aqui), lanchinho rápido para os que estão de dieta (veja aqui) ou uma sobremesa simples e fácil com pouquíssimos ingredientes (aqui) e comer com ele sorrindo de felicidade por você ter se arriscado sem saber nada, ele vai te agradecer por tanta atenção.

E aí, já sabe o que vai dar ao seu velho nesse dia? As sugestões te ajudaram? Conta aí!

Beijos!