20/02/2017

São Miguel (09/02/17)

Oi Gente!!!

Hoje, tem vídeo em dose dupla!

Há uns dias, fui à cidade de São Miguel, lugar que eu já falei nesse post aqui.

O objetivo era convocar o Conselho Paroquial de Juventude (CPJ) da cidade e conversar sobre a próxima Assembleia Diocesana de Juventude, que eu já falei o que era isso (aqui).

Isabela Maria (ela vai me matar, hahaha), mais conhecida por Bella, me acompanhou e gravei dois vídeos lá.

O primeiro, é o diário da viagem em si, mostrando onde ficamos hospedadas, ou seja, a casa paroquial (geralmente, conhecida como casa do Padre), já ficaram numa? Jogando conversa fora e saindo à noite...

O segundo vídeo, é uma conversa que tivemos no Parque da Lagoa, lugar que eu amo muito <3, onde surgiu perguntas e confissões loucas.

Então aperta o play, assiste tudinho, curta, comenta e se inscreve no canal, beleza?

Beijos!



14/02/2017

Sugestões para o Dia de São Valentim


Oi gente!

Feliz Dia de São Valentim!

Hoje, em muitos países é comemorado o Dia dos Namorados!

Não é o caso do nosso País, mas, não custa nada curtir essa data tão fofa e que tem um significado lindo <3

Vale lembrar que, mais do que celebrar o dia dos namorados propriamente dito, é dia de celebrar o amor de forma universal: carinho, amizade, afeto...

Não é uma mera data comercial, como no Brasil, mas um dia para estar com que se gosta: família, amigos, bichinhos de estimação...

Por isso, hoje trago sugestões para comemorar com diferentes amores e até para quem vai passar sozinho...


1. Com o(a) namorado(a)



Que tal saírem para um passeio em um local tranquilo, aproveitando a paisagem, longe da gritaria diária ocasionada pelo aglomerado de pessoas e carros.

Um lugar onde possam conversar, conhecer melhor um ao outro. Ótimo para descobrir casos de infância ou até segredos que nas conversas do dia-a-dia não contamos por falta de oportunidade.

Ah, vale pegar uma flor no jardim e enfeitar os cabelos da amada ou até dar um bombom ao amado!

2. Com um ou mais amigos



Filme com os amigos é sempre um excelente programa, pode ser maratona de série também...

O melhor é poder encher a cara de pipoca, refri, chocolate e o que mais couber no estômago... Além de jogar conversa fora e rir muito. Pode ainda gritar de medo se o filme for de terror!

Já dei dicas de filmes para assistir nesse dia aqui (1, 2)

3. Sozinho(a)


Se faltar companhia, tudo bem, dá para se divertir só também:


  • Escreva



Escreva um email para aquela pessoa especial que você não vê há muito tempo, fale sobre a rotina diária, sobre aquele sonho louco que você realizou e sobre a saudade que sente. Pergunte como a pessoa está e o que tem feito.

Use fotos e abuse das palavras da norma coloquial, quanto mais simples, mais próximo vai se sentir da pessoa!


  • Fotografe



Tire fotos da sua casa, sua decoração, faça selfies...

Saia para fotografar ao ar livre, inspiração não vai faltar: pássaros, céu azul, flores, árvores, mas pode ser também da chuva, dos prédios, da cidade cinza, do trânsito...

Use a criatividade!


  • Dance/cante




Escute música no último volume e saia dançando pela casa.

Além de cantar ser um excelente remédio, dançar ajuda a combate calorias e tonifica os músculos.

E aí, curtiram as sugestões? O que vão fazer hoje? Conta aí!

Beijos e Feliz Dia de São Valentim <3

12/02/2017

Minha Confusão Momentânea


E os dias estão passando...

O tédio voltando e nada parece melhorar!

Os primeiros meses do ano são os mais chatos, complicados e frios...

Junto a isso, as coisas aqui em casa parecem piorar a cada segundo e eu procuro apenas algo para aquecer meus momentos de inquietação.

Ah, se eu pudesse sair, andar por aí, se tivesse um lugar legal para curtir boas companhias...

Na verdade, tenho medo de sair de casa nos últimos dias, são mensagens, acontecimentos e ações que me paralisaram.

Eu me sinto inerte diante da indiferença de uns, diante da distância de outros, estou sozinha e, confesso, não estou pronta para novas amizades nem para me abrir com os que estão presentes...

O TOC tem me amedrontado ultimamente. Nunca senti tanta raiva e tristeza por ter essa doença, também nunca falei tanto nela como agora...

É um mix de tantas coisas, difícil saber de fato o que está me apavorando e me entristecendo, talvez seja só o medo das coisas piorarem ou a ociosidade, pode até ser a solidão que cultivei ou o tempo sem sol...

06/02/2017

“Morrer é uma coisa estranha e não vou aborrecê-la com os detalhes. Posso ainda ter algumas semanas, ou talvez meses de vida. Embora eu saiba que isso é um clichê. A verdade é que muitas das coisas nas quais eu acreditei serem importantes não o são mais. Eu não leio mais o jornal, não me importo com o mercado de ações nem me preocupo se vai chover durante minhas férias. Em vez disso, eu me apanho refletindo sobre os momentos essenciais da minha vida”.

(Um Porto Seguro – Nicholas Sparks, pág. 410 e 411)