29/03/2017

Tô no BTB Gente!!!!!!!


Oi gente!

Eu estou participando de um WebReality, o Big Twitt Brasil

E preciso da ajuda de vocês para permanecer no jogo, é super simples:

Primeiro, você curte a página no Facebook (clique aqui)

Depois, vocês curtem com um coraçãozinho a minha foto (clique aqui)

Depois, vocês curtem as fotos dos outros integrantes do meu time, porque essa semana é coletiva a prova (Bethania, Gabi, Mauricio e Wesley)

Agradeço muito a ajuda de vocês!!!!

P.S.: O voto só vai valer se curtir a página, senão o voto não valerá!

Beijos!

14/03/2017

Armário-Cápsula: o que é, monocromia, estilo pessoal, inspiração e como montar o seu


1. O que é?


O termo surgiu na década de 1970 com a estilista Susie Faux que pensou nas peças atemporais, aquelas que nunca saem de moda, unidas a peças atuais poderiam fazer ótimas composições. Em 1985, a designer americana Donna Karan (DK), lançou sua coleção de sete peças que conversavam entre si, para o dia-a-dia e trabalho.

A Ideia explodiu na internet, recentemente, com a blogueira Caroline Rector do blog Un-fancy.com, a americana escolheu 37 peças do armário para misturá-las entre si e viver algum tempo apenas com essas. Variando com a estação.



2. Monocromia


Embora o conceito de armário-cápsula seja um número reduzido de peças onde todas combinam entre si, outro tipo de armário cápsula é o adotado por nomes como Mark Zuckerberg onde ele possui roupas iguais usando-as em diversas ocasiões.


Esse estilo monocromático também pode ser aplicado no conceito de armário-cápsula, já que o mesmo dispõe de poucas peças – iguais – e todas conversam entre si. Sobre o assunto, o criador do Facebook disse que toma muitas decisões ao longo do dia e, por isso, prefere ser prático na hora de se vestir e se concentrar no seu trabalho.


Outro nome adepto do estilo monocromático (e armário-cápsula) era o Steve Jobs, que ao longo de sua vida, passou anos usando o mesmo modelito de roupa. A explicação das camisas do criador da Apple se deve a uma visita ao Japão e ao entender a história dos uniformes japoneses, ele adotou para si “seu próprio uniforme”, adotando essas camisas chamadas de turtlenecks.


3. Inspiração e Estilo Pessoal


Outro tipo de estilo minimalista é adotar estilos de tecidos, estampas e cores que você mais gosta e compor seu armário-cápsula.

Para te inspirar, eu trouxe aqui os estilos da Rayza Nicácio (rayzanicacio.com) e Camila Rech (meninicesdavida.com.br). Meninas estilosas que, misturam suas peças favoritas entre si, montam seus looks com uma pegada cool.


A Rayza adora listras, por isso, possui várias peças de roupas com essa estampa: camisetas, camisas, regatas, vestidos... em várias cores e tamanhos.


Outra coisa que a Ray adora é alfaiataria e, em seu guarda-roupa, não falta blazer e colete nesse corte e modelagem.


Assim como a Rayza, a Camila também adora listras e possui muitas camisetas com essa estampa. abusando ainda do jeans, xadrez e peças em preto e branco, em geral.


Já nos pés, a Camila adora tênis e tem uma infinidade deles. Pois é, o conceito de armário-cápsula se aplica também aos calçados.


4. Como montar um armário-cápsula



I. Busque inspiração em quem tem o mesmo corpo que você, não adianta se inspirar numa modelo esquelética se você tem curvas ou é mais cheinha e vice-versa

II. Para montar seu novo guarda-roupa, separe suas peças favoritas (que se encaixam no seu estilo) e descarte as que não usa mais, não gosta ou não servem (dica: doe as que estão em bom estado, venda no Enjoei e as que estão rasgadas, aproveite para DIY)

III. Separe as peças que ficarão entre verão e inverno (guarde as peças da estação em que não estamos)

IV. Combine as peças que gosta entre si e fotografe os looks que montar

V. Procure inspirações na internet com base nas peças que já tem (ex: “vou manter minha blusa de oncinha”, pesquisar look com blusa de estampa animal print), com certeza, você vai achar uma combinação dessa peça com outra que já tem. Uma opção é o Pinterest, lá tem muitos looks com todo tipo de peça

VI. Com o guarda-roupa montado, evite fazer compras. Saia as compras novamente somente na estação seguinte quando seu guarda-roupa mudará devida ao aumento ou queda de temperatura. Ou seja, você terá dois guarda-roupas, um no inverno e outro no verão.

VII. Por isso, é importante que as peças que ficaram sejam atemporais, para que possa economizar sempre e não comprar dez ou quinze peças sempre que a estação mudar. Claro, você pode comprar roupas novas, aquelas que são tendências, mas sempre uma ou duas por estação.

VIII. A dica é investir em peças com bom acabamento e durabilidade prolongada, afinal, não adianta comprar uma peça que dentro de poucos meses vai estar desbotada e/ou rasgada.

IX. Assim, vale a pena gastar um pouquinho a mais (sem exagerar) numa marca melhor e de boa qualidade. Mas lembre-se, o investimento só vale a pena se você for usar bastante a peça e ela combinar com o que já possui, ok?

A ideia aqui foi entender os conceitos de look monocromático, estilo pessoal e peças que conversam entre si, assim você pode definir seu estilo e com isso, parar de gastar dinheiro à toa com aquelas peças que não vai usar muito podendo economizar para outra coisa melhor!

13/03/2017

“Lá estava eu, olhando para meu aparelho, minha extensão com wifi e perguntando para não ouvir respostas: ‘Posso viver sem você?’. Sou meio dramática, do tipo que ensaia caras na frente do espelho e, com um frasco de desodorante, consegue-se imaginar apresentando um programa de auditório na Rede Globo, enxergando gente nos travesseiros e almofadas e ouvindo o retorno da plateia. Não é loucura, eu acho, é somente uma imaginação bem-disposta, eu diria, pois, com toda essa imaginação, eu conseguia ver os olhinhos do meu IPhone se fechando tristemente e fazendo um beicinho, como quem se ofende com a mais remota possibilidade. Era dezembro de 2013, e eu o tinha há tempo demais para imaginar ficar sem ele. E quanto às fotos mais idiotas que nos aparece no dia-a-dia? E a busca por um bom restaurante no aplicativo? E como me achar depois de me perder sem o mapa, sempre pronto a me ajudar? E falar com os amigos cara a cara? E fazer o serviço bancário? E contar minhas calorias; e correr sem competir; e tratar minhas fotos triviais; as redes sociais e sua onipresença? Será que eu me sentiria sozinha?”.

(Confissões de uma Viciada em Internet – Fabiana Bertotti, pág. 105)

12/03/2017

São Miguel (04 e 05/03/17)


Oi gente!

Esse post saiu com uma semana de atraso porque estava esperando as fotos, hahaha

Eu falei de uma Assembleia Diocesana da Juventude que aconteceria em São Miguel (aqui e aqui), pois é, fim de semana passado finalmente aconteceu a Assembleia e aqui estou eu para contar em poucas palavras como foi.

Primeiro, foi ótima! Muitos jovens (um de cada pastoral, movimento, CPJ e zonal), muita alegria, chuva e trabalho.


Isso mesmo, gente nunca trabalhei tanto, limpei escola, refeitório, cozinha, salão, salas e até uma escadaria, só não limpei os banheiros porque Isabela Maria (mais conhecida como Bella, veja ela aqui) fez isso por mim.

Enfim, além disso, cuidei das finanças, fizemos inscrições e organizamos a noite cultural na AABB.

Apesar da equipe, Bella e eu tivemos que cuidar da limpeza sozinhas porque tinha que ir um dia antes e só nós duas podíamos ir.

Resultado, não dormi a primeira noite porque senti muita dor no braço esquerdo já que desci e subi inúmeras vezes para buscar água, no entanto, isso era nossa responsabilidade e não discutimos acerca disso.

A recompensa, no entanto, foi dormir na casa paroquial (que eu já mostrei aqui), numa cama confortável e com ventilador. Não que eu me incomode de dormir no chão, porque já estou acostumada a fazer isso nas viagens da Igreja, além disso, é sempre divertido dormir com a galera, mas quando vamos organizar as Assembleias, temos o privilégio de dormir numa cama J.


O melhor de tudo é rever a galera e ter novas histórias para contar, outra coisa legal foi ficarmos sozinhas na Casa Paroquial e ligarmos o celular nas melhores músicas de V&L, que por sinal converti Bella, agora é Victete, antes ela era Leozete (códigos para definir nosso favorito da dupla). E, no domingo à noite, saímos para jantar com Railton, fã incondicional de Ivete Sangalo e futuro Padre, lembramos histórias da época que ele era seminarista na minha cidade e ainda conversamos e rimos sobre muita coisa.

Enfim, essa assembleia foi excelente, uma das melhores!


Não consegui tirar fotos porque estava organizando nos bastidores, então esperei pegar fotos dos outros, por isso a demora! A propósito, o da foto acima é Júnior, vice-coordenador do Conselho Paroquial de Juventude (CPJ) de São Miguel.